segunda-feira, 30 de março de 2015

MUÇULMANOS APREENDE PASTOR POR REJEITAR O ISLÃ, TORTURANDO-O POR 3 MESES E AQUI NO BRASIL, O EVANGELHO "SABOR DE MEL"!


                                                  Templo cristão no Sudão
                                                                                     
                                                                                                                              








 
por Theodore Shoebat 

Muçulmanos apreende pastor cristão por rejeitar o Islã, é torturado terrivelmente por três meses consecutivos: "Estou pronto para morrer pela causa do Evangelho".

Um pastor cristão do Sul, chamado Adam Haron, foi sequestrado pelos muçulmanos  horrivelmen-te torturado durante três meses seguidos, Como castigo  por ter  deixado  o  Islã.  Mesmo   depois  de  sofrer tanto, ele ainda grita:


"Estou pronto para morrer por causa do Evangelho."

Haron  se    como  digno  de  sofrer  por Cristo  e  não sua perseguição como  um infortúnio, mas sim com uma benção. 

De acordo com o relatório:

“Um pastor sudanês no Sudão do Sul foi preso e torturado por mais de três meses após islâmicos tentarem matá-lo, acusando-o de ser um espião, disseram as fontes.

Adam Haron, convertido do Islã de 37 anos de idade, é um nativo de West Darfur, no Sudão, disse que extremistas muçulmanos chamaram-no em 9 de novembro ameaçando matá-lo se continuasse anunciando Cristo entre os muçulmanos em Aweil, perto da fronteira do Sudão. O pastor de uma igreja em uma área reservada do Sudão do Sul, Haron tinha ido para Aweil, cerca de 800 quilômetros (500 milhas) a noroeste da capital de Juba, para plantar uma igreja.

O evangelismo não é ilegal no sul do Sudão, onde os cristãos são mais numerosos que os muçulmanos, e a Constituição de transição após a secessão do país do Sudão em 2011, garante a liberdade religiosa, incluindo o direito de propagar a fé.

Haron disse que sabia que os muçulmanos o ameaçavam desde West Darfur. No dia seguinte, eles tentaram matá-lo quando um Land Cruiser sem registro quase o atropelou, disse ele.

Haron, que veio para o Sudão do Sul em 2010, após se converter ao cristianismo em 2005, disse que três dias depois, seis homens armados, incluindo três com uniformes militares, entraram em seu quarto no hotel em Aweil e procuraram sua bolsa pessoal e laptop e revirando tudo. Também levaram seu celular.

À medida que os homens armados ordenaram que entrasse em seu carro, agredindo-o, disse ele.

"Graças a Deus, que me protegeu de ferimentos graves", disse ele.

Um dos assaltantes pegou uma pistola, apontou para a cabeça de Haron, e perguntou-lhe se era um pastor: "Sim, eu sou um pastor," levando-o para um centro de detenção em Aweil, disse ele.

Haron disse que os três homens em uniforme eram elementos da inteligência militar. Baseado no interrogatório de um oficial militar dele, concluiu que os muçulmanos trouxeram militares para prendê-lo após falsamente acusá-lo de ser um espião do Partido do Congresso Nacional do presidente sudanês, Omar al-Bashir.

Em 15 de novembro, dois soldados lhe deram 364 chicotadas usando um galho de árvore como um chicote, disse ele.

"Nós vamos bater em você todos os sábados, desta forma," um deles disse-lhe durante a amarração.

Haron disse ao Morning Star News [Notícias Estrela da Manhã] que foi encorajado, porque foi considerado digno de sofrer por sua fé e respondeu: "Estou pronto para morrer pela causa do evangelho."

Eles o jogaram numa cela estreita, com as pernas amarrados com correntes. Em 3 de janeiro, foi transferido para outra cela. Foi libertado em 18 de fevereiro.

Haron, que pastoreia uma igreja clandestina composta principalmente de convertidos do islamismo, disse que estava satisfeito que os maus-tratos, pois testou sua fé.


"Esta detenção tem sido um grande incentivo para a minha vida espiritual", disse ele.

FONTE: Shoebat.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Bem-vindo ao OS REMIDOS NO SENHOR: Um blog para quem não é manipulado!

Os artigos são livre expressão do seus autores, muitos só postamos a título de informação para conhecimento e não refletem necessariamente as posições adotadas pelo OS REMIDOS NO SENHOR. Nosso propósito, no entanto, é contribuir e incentivar a livre reflexão do nosso público alvo: pastores, líderes, e cristãos em geral que exercem seu papel no Reino de Deus.

Comente, questione, critique, aconselhe, tire dúvidas.

Esclarecemos que, como um site evangélico, não somos neutros em relação às questões aqui levantadas. Portanto, reservamo-nos o direito de bloquear ou excluir comentários segundo critérios próprios. Não sou e nem desejo ser mestre de ninguém, não procuro discípulos, nem admiradores, nem seguidores. Procuro apenas leitores sinceros e amadurecidos para questionar, de maneira sóbria e crítica, as crenças e os paradigmas hegemônicos e misteriosos das escrituras sagradas.

Comentários de "anônimos" não serão necessariamente postados. Procure sempre colocar seu nome no final de seus comentários (caso não tenha uma conta Google com o seu nome) para que seja garantido o seu direito democrático neste blog. Lembre-se: você é responsável direto pelo que escreve.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Se você não é um desses, esqueça este meu comentário porque a mensagem não é para você,



Whos

Você Pode Gostar Também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.w0HvNCS1.dpuf