quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

DÍZIMO – UM MANDAMENTO DO ANTIGO PACTO, MAS NULO PARA A IGREJA DE CRISTO


por Ronaldo Alves

“Por falta de conhecimento foi destruído o meu povo. Porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei a ti, para que não me sirvas de sacerdote; visto que tu te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos”. Oseias 4: 6

O versículo acima retrata bem a respeito de como à igreja desconhece os princípios básicos daquilo que diz crer. Relata quão os líderes ensinavam errado à nação de Israel, causando-lhe diversos sofrimentos. Um retrato da saúde espiritual da igreja em nossos dias.

"Aos filhos de Levi dei todos os dízimos em Israel por herança, em compensação do serviço que prestam, isto é, do serviço da tenda da revelação". Números 18: 21 
"Certamente darás os dízimos de todo o produto da tua semente, a saber, de tudo o que nasce nos teus campos de ano em ano. 
Comerás, diante de Jeová teu Deus no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, o dízimo do teu pão, do teu mosto e do teu azeite, e os primogênitos do teu gado e do teu rebanho; para que aprendas a temer a Jeová teu Deus em todo o tempo.
Se o caminho te for comprido demais, de sorte que não possas levar o dízimo, por ser demasiado longe de ti o lugar que Jeová teu Deus escolher para ali pôr o seu nome, quando Jeová teu Deus te abençoar;
convertê-lo-ás em dinheiro, atarás o dinheiro na tua mão, e irás ao lugar que Jeová teu Deus escolher. 
Darás esse dinheiro por tudo o que desejar a tua alma, por bois ou por ovelhas, ou por vinho, ou por bebidas fortes, ou por tudo o que te pedir a tua alma; ali comerás diante de Jeová teu Deus, e te regozijarás, tu e tua casa. 
O levita que está das tuas portas para dentro, não o desampararás; porque não tem porção nem herança contigo.
No fim de cada três anos tirarás todos os dízimos da colheita do terceiro ano, e o depositarás dentro das tuas portas. 
O levita (por não ter ele porção nem herança contigo), o peregrino, o órfão e a viúva, que estão das tuas portas para dentro, virão, comerão e se fartarão, para que Jeová teu Deus te abençoe em todas as obras que as tuas mãos fizerem". Deuteronômio 14: 22-29

Na passagem bíblica acima retrata que o dízimo deveria ser repartido também aos necessitados. Também uma prova que o dízimo não era dinheiro, pois na época já existia e não era usado como dízimo.

Vamos ler Malaquias 3 e entender o que diz lá:

1. Eis que envio eu o meu mensageiro (JOÃO BATISTA), e ele há de preparar o caminho diante de mim; de repente virá ao seu templo o Senhor, a quem vós buscais; e o anjo da aliança, no qual vós vos agradais, eis que ele vem, diz Jeová dos exércitos.

2. Mas quem pode suportar o dia da sua vinda? (DO MESSIAS) Quem subsistirá quando Ele (O MESSIAS) aparecer? Porque Ele é como o fogo (PURIFICAÇÃO) de fundidor e como o sabão de lavandeiros.  

3. Sentar-se-á como fundidor e purificador de prata; purificará os filhos de Levi (OS SACERDOTES) e os refinará como ouro e como prata. (ESTAVAM IMPUROS E NECESSITAVAM DE PURIFICAÇÃO, ANTES DE APRESENTAREM OS DÍZIMOS) Eles farão a Jeová ofertas em justiça.

(OBS: Esta profecia era destinada principalmente aos líderes que desviavam os dízimos e as ofertas do povo)

4. Então a oferta de Judá e de Jerusalém será agradável a Jeová, como nos dias antigos e como nos anos passados. (SÓ ENTÃO O ETERNO ACEITARIA OS SEUS DÍZIMOS) (SE UM IRMÃO TIVER ALGUMA CAUSA COM SEU IRMÃO JÁ É MOTIVO PARA O ETERNO NÃO ACEITAR AQUELA OFERTA)

(OBS: Quantos dízimos não são recebidos pelo Eterno nas igrejas!)

5. Chegar-me-ei a vós para juízo; (A QUEM O ETERNO ESTÁ FALANDO? AOS SACERDOTES E OS LÍDERES DAS TRIBOS) e serei uma testemunha veloz contra os feiticeiros, e contra os adúlteros, e contra os perjuros; contra os que oprimem o jornaleiro em seu salário, a viúva, e o órfão, e que desviam o estrangeiro do seu direito, e não me temem, diz Jeová dos exércitos. (TAIS SACERDOTES PRATICAVAM TODO TIPO DE FEITIÇARIAS, E DEFRAUDAVAM O POVO).

6 Pois eu Jeová não mudo; por isso vós, filhos de Jacó, não sois consumidos. (AGORA VEMOS AQUI A REFERENCIA AOS “FILHOS DE JACÓ” [OS CABEÇAS DE CADA TRIBO DE ISRAEL], NÃO CONFUNDIR COM OS “FILHOS DE LEVI” [OS SACERDOTES]).

Para você entender:

Filhos de Israel: refere-se à nação israelita
Filhos de Jacó: refere-se aos líderes de cada tribo
Filhos de Levi: refere-se aos sacerdotes

7. Desde os dias de vossos pais (OS ANTEPASSADOS) vos tendes desviado das minhas ordenanças, (LEIS) e não as tendes guardado. Tornai para mim, e eu me tornarei para vós, (A QUEM O ETERNO ESTÁ FALANDO? OS LÍDERES!) diz Jeová dos exércitos. Mas vós (OS LÍDERES!) dizeis: Em que nós tornaremos?

8. Acaso roubará o homem a Deus? Contudo vós (VÓS QUEM? OS LÍDERES!) me roubais. Mas vós dizeis: Em que te havemos roubado? Nos dízimos e ofertas.

9. Vós sois amaldiçoados com a maldição; porque me roubais vós, sim, esta nação toda. (AQUI O ETERNO GENERALIZA A TODA A NAÇÃO)

10. Trazei o dízimo todo à casa do tesouro (CASA DO TESOURO – LUGAR DE DEPÓSITO DOS MANTIMENTOS NO TEMPLO DE JERUSALÉM), para que haja mantimento na minha casa, e provai-me nisto, diz Jeová dos exércitos, se não vos abrir eu as janelas do céu (JANELAS DO CÉU – CHUVA SOBRE A TERRA, QUE ESTAVA SECA POR CAUSA DA TRANSGRESSÃO DE ISRAEL), e não derramar sobre vós uma bênção até que não haja mais lugar (CASA DO TESOURO – LUGAR DE DEPÓSITO DOS MANTIMENTOS NO TEMPLO DE JERUSALÉM) para a recolherdes.

11. Por amor de vós reprovarei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; nem a vossa vide perderá no campo o seu fruto antes do tempo, diz Jeová dos exércitos. (DEVORADOR – PESTE DE GRANDES GAFANHOTOS QUE DIZIMAVAM A PLANTAÇÃO). NADA RELACIONADO A DEMÔNIO COMO OS PASTORES PREGAM.

12. Todas as nações vos chamarão ditosos; porque vós sereis uma terra deleitosa (UMA PROFECIA DIRECIONADA AO POVO ISRAELITA), diz Jeová dos exércitos.

13. As vossas palavras têm sido audazes contra mim, diz Jeová. Contudo dizeis: Em que temos falado contra ti?

14. Tendes dito: Vão é servir a Deus: e que nos aproveita termos guardado o seu preceito, e termos andado de luto perante Jeová dos exércitos?

15. Assim nós chamamos ditosos aos soberbos; os que obram impiedade são edificados; os que tentam a Deus são libertados. (É PRA ESSE POVO REBELDE QUE O ETERNO PROFERE ESTA REPREENSÃO)

16. Então os que temeram a Jeová falaram uns aos outros. Jeová escutou e ouviu, e um livro de memória foi escrito diante dele para os que temeram a Jeová, e para os que pensaram no seu nome.

17. Eles serão meus, diz Jeová dos exércitos, no dia que eu faço uma possessão particular; poupá-los-ei, como um homem poupa seu filho que o serve.

18. Então voltarei e discernirei entre o justo e o ímpio, entre o que serve a Deus e o que não o serve.

Conversando com vários crentes, percebo a falta de conhecimento do contexto desta passagem. Algo que se tornou regra dentro das igrejas evangélicas, baseados em 1 versículo de Malaquias 3, o cumprimento integral deste mandamento facultado à nação de Israel, que pastores locupletando-se para fins não originais, introduziram à igreja cristã.

Uma coisa que os cristãos não compreende que o dízimo que os judeus entregavam aos levitas era a décima parte da colheita anual, isso mesmo o dízimo era anualmente e não mensalmente.

"Todos os dízimos da terra, ou sejam da semente da terra, ou sejam das frutas das árvores, pertencem a Jeová: santos são a Jeová. Se alguém quiser remir parte dos seus dízimos, ajuntar-lhe-á uma quinta parte. Todos os dízimos do gado ou do rebanho, de tudo o que passa debaixo da vara, a décima parte será santa a Jeová". Levítico 27: 30-32

Dentro do Novo Pacto, não vemos nenhuma doutrina a respeito condicionada à igreja. Em todo o Novo Testamento não há nenhum relato que à igreja deva ter este comportamento como regra.

Na sua presciência o Eterno sabendo que em nossos dias o mercantilismo seria sem precedentes. Sabendo disso, Ele, prosseguiria com esta prática que se tornou falha no passado, assim como o Templo que fora profanado por duas vezes?  

Há duas passagens que falam em dízimos no Novo Testamento. A primeira, Jesus faz uma repreensão severa aos fariseus, e a segunda, em Hebreus mostrando claramente que o dízimo era uma prática da Lei.  

“Com efeito, os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio, têm mandamento de receber, segundo a Lei, dízimos do povo, isto é, de seus irmãos, embora estes tenham saído dos lombos de Abraão”; Hebreus 7: 5

Duas passagens onde se refere aos judeus e não à igreja de Cristo.

“Pois mudado que seja o sacerdócio, é necessário que se faça também mudança da Lei”. Hebreus 7: 12

Jesus e os apóstolos ensina à igreja o voluntarismo. Uma igreja que seja generosa quanto ao necessitado. Que o assistencialismo seja uma regra na comunidade cristã. O amor ao próximo.

"... como em grande prova de tribulação, a abundância do seu gozo e a sua extrema pobreza abundaram nas riquezas da sua generosidade"; II Coríntios 8: 2 


"Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, nem por constrangimento; porque Deus ama ao que dá com alegria". II Coríntios 9: 7 

Se o dízimo fosse destinado ao necessitado seria louvável, mas não é assim que funciona dentro do denominacionalismo.

"A religião pura e imaculada diante de nosso Deus e Pai é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e guardar-se a si mesmo isento da corrupção do mundo". Tiago 1: 27

Os cristãos não deveriam deixar os pastores controlando a receita da igreja. Uma comissão deveria ser eleita para administrar todo dinheiro e que fosse usado para o assistencialismo, ajudando verdadeiramente os necessitados. Esta era a finalidade primária da igreja no seu começo, quando ainda não havia os interesses dos gananciosos.

“Em avareza, com palavras fingidas, farão de vós negócio; a sua condenação já de longo tempo não tarda, e a sua destruição não dormita”. II Pedro 2: 3 

Mas eles não vão querer largar esta mina de ouro, locupletando-se para sustentar todos os seus caprichos carnais.

"Estes são os cachopos em vossos ágapes, quando banqueteiam convosco sem medo, pastores que se apascentam a si mesmos; nuvens sem água, levadas pelos ventos; árvores do outono, sem fruto, duas vezes mortas, desarraigadas"; Judas 1: 12 

Deus se agrada muito mais se você dizimar ajudando um necessitado!

A Graça e a Paz de Jesus!

Um comentário :

  1. SUSTENTO DO MINISTÉRIO SAGRADO.
    Paulo, em (1Cor9) , declara que o princípio do sustento do ministério na dispensação da graça é o mesmo que o da dispensação da lei. Paulo está discutindo aqui o seu direito de sustento por parte das igrejas. Fala do dever das igrejas de sustentarem seus obreiros, usando várias figuras para ilustrá-lo, entre elas a do boi que debulha. Pergunto em seguinte: "Se nós vos semeamos as coisas espirituais, será muito que de vós recolhamos as carnais"? (1Cor9:11).
    Em (1Cor9:13) o apóstolo usa a ilustração do templo e do serviço dos levitas no altar, dizendo que eles tiravam do altar o seu sustento.
    Qual era esse sustento? O dízimo, não há dúvida nenhuma.
    Vem agora a conclusão do apóstolo, em que estabelece o princípio paralelo nas duas dispensações: "Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho." (1Cor 9:14).
    Note a palavra "assim". Quer dizer que do mesmo modo como eram sustentados os sacerdotes, assim devem ser sustentados os ministros do evangelho, isto é, com os dízimos entregues pelo povo de Deus.
    É importante também o verbo: "ordenou". Trata-se de uma ordem de Cristo, cuja autoridade merece ser respeitada. É um dever do crente, como era do judeu, entregar os dízimos para o sustento do ministério. Uma distinção essencial existe entre o dízimo do Velho Testamento e o do Novo Testamento.
    Enquanto um é obrigatório, o outro é voluntário; enquanto um é movido pela exigência da lei, o outro e impulsionado pelo amor.
    Cristo não quis obrigar seus seguidores a serem dizimistas; preferiu confiar no amor liberal deles. Ora , Deus está te prosperando financeiramente ? (Tg1:17) (Ecl5:19) (Jo3:27) Sim ! Então contribua financeiramente com a sua obra. Porque a administração deste serviço, não só supre as necessidades dos santos, mas também é abundante em muitas graças, que se dão a Deus. Visto como, na prova desta administração, glorificam a Deus pela submissão, que confessais quanto ao evangelho de Cristo, e pela liberalidade de vossos dons para com eles, e para com todos;(2Cor9:12-13) Deus não quer o que vc não tem(2Cor8:12)

    ResponderExcluir

Bem-vindo ao OS REMIDOS NO SENHOR: Um blog para quem não é manipulado!

Os artigos são livre expressão do seus autores, muitos só postamos a título de informação para conhecimento e não refletem necessariamente as posições adotadas pelo OS REMIDOS NO SENHOR. Nosso propósito, no entanto, é contribuir e incentivar a livre reflexão do nosso público alvo: pastores, líderes, e cristãos em geral que exercem seu papel no Reino de Deus.

Comente, questione, critique, aconselhe, tire dúvidas.

Esclarecemos que, como um site evangélico, não somos neutros em relação às questões aqui levantadas. Portanto, reservamo-nos o direito de bloquear ou excluir comentários segundo critérios próprios. Não sou e nem desejo ser mestre de ninguém, não procuro discípulos, nem admiradores, nem seguidores. Procuro apenas leitores sinceros e amadurecidos para questionar, de maneira sóbria e crítica, as crenças e os paradigmas hegemônicos e misteriosos das escrituras sagradas.

Comentários de "anônimos" não serão necessariamente postados. Procure sempre colocar seu nome no final de seus comentários (caso não tenha uma conta Google com o seu nome) para que seja garantido o seu direito democrático neste blog. Lembre-se: você é responsável direto pelo que escreve.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Se você não é um desses, esqueça este meu comentário porque a mensagem não é para você,



Whos

Você Pode Gostar Também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.w0HvNCS1.dpuf