quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

AS TRIBOS PERDIDAS DE ISRAEL



por Ronaldo Alves
Os Etíopes de Linhagem Israelita

Em Deuteronômio 28 fala das bênçãos e maldições que viriam sobre Israel segundo suas obras.
Era um mandamento facultado a comunidade israelita do eterno por intermédio de Moisés.
Todas as vezes que Israel se afastava de Jeová uma repreensão severa caia sobre eles. Mas a plenitude desta profecia seguiria à nação afastada de Jeová  até o fim dos tempos.
Um acontecimento que provavelmente cumpre esta profecia, diz respeito à união de Salomão com uma rainha etíope.


"Nesse tempo darei aos povos uma língua pura, para que todos invoquem o nome de Jeová, a fim de o servirem de um só acordo. Dalém dos rios da Etiópia os que me suplicam, a saber, a filha dos meus dispersos, trarão a minha oferta." Sofonias 3: 9, 10

Rainha de Sabá

É mencionada no Antigo Testamento, como a soberana dum reino muito rico, o reino de Sabá, que teria visitado o rei Salomão. Os árabes chamam a esta mulher Bilqus ou Balkis; na Etiópia, Makedda, Magda, Maqda ou Makera, que significa "grandeza". Anos mais tarde, o historiador judeu Flavius Josephus refere-se a ela como "Nikaulis, rainha da Etiópia." Na Bíblia ela é descrita como "negra e bonita".
No Kebra Negast, ou "As Gloriosas Memórias do Império", um livro sagrado da Etiópia, diz-se que a própria Makedda teria criado uma regra segundo a qual "apenas uma mulher poderia reinar". Aparentemente, Sabá era uma sociedade matrilinear, em que o poder é passado aos descendentes pela via feminina. No mesmo livro, afirma-se que a dinastia dos reis da Etiópia provém do filho do rei Salomão e de Makkeda e ainda que foi desta união que a lei mosaica foi trazida para a Etiópia.
Os descendentes desta união tem sua linhagem israelita e foram doutrinados na Lei de Moisés. Mas muitos se esqueceram de Jeová e as maldições de Deuteronômio, provavelmente, se cumpriram em sua plenitude neles.

Quem é o povo eleito de Jeová?

Um povo eleito de Jeová, afastado de seus estatutos, não pode estar fora deste juízo relatado em Deuteronômio 28. Os “judeus” de hoje são os donos dos bancos, da indústria da música, do cinema, são governantes de nações, dos maiores grupos empresariais do mundo, tem o domínio de Wall Street . São eles satanistas, ocultistas, cometem todo tipo de abominação e não estão relacionados às maldições proferidas aos israelitas em Deuteronômio 28. Para que esses fossem relacionados em Deuteronômio 28, precisariam estar sofrendo todos esses males nele proferido. 
As nações pelo mundo são o domicílio desse povo. Até mesmo em Israel essa minoria é desprezada.
Na colonização da América esses foram trazidos como escravos, pelos descobridores, para serem explorados pelos senhores feudais. É de estranhar que esse povo de cor escura possa ser tão massacrado em toda a sua história. Como os africanos, como os etíopes, possam passar todo este sofrimento sem que o mundo não consiga acabar com esse tormento. Bilhões se gastam com todo tipo de coisa. Esses mesmos bilhões cessariam com a miséria africana, mas por algum propósito esta calamidade não tem fim. Provavelmente a maldição esteja se cumprindo, pelo afastamento da linhagem etíope dos estatutos de Jeová na sua plenitude sobre seus lombos. O povo que sofre essa calamidade nos nossos dias são povos do continente africano de cor escura.


Vamos a passagem:

Deuteronômio 28

14. Não te desvies de nenhuma das palavras, que eu hoje te ordeno, nem para a direita nem para a esquerda, indo após outros deuses a fim de os servir.
15. Porém, se não ouvires a voz de Jeová teu Deus, cuidando em observares todos os seus mandamentos e os seus estatutos que eu hoje te ordeno, virão sobre ti e te alcançarão todas estas maldições.
16. Maldito serás na cidade, e maldito serás no campo.
17. Maldito será o teu cesto, e a tua amassadeira.
18. Maldito será o fruto do teu ventre, o fruto do teu solo, as crias das tuas vacas e dos teus rebanhos.
19. Maldito serás quando entrares, e maldito serás quando saíres.
20. Jeová mandará sobre ti maldição, derrota e repreensão em todas as coisas em que puseres a tua mão, até que sejas destruído, e até que pereças repentinamente, por causa da maldade das tuas obras, nas quais me abandonaste.
21. Jeová te fará pegar a ti a peste, até que te haja consumido da terra, em que entrares a possuir.
22. Jeová te ferirá de tísica e de febre, e de inflamação e de calor ardente, e de seca, e de crestamento, e de mangra; e te perseguirão até que pereças.
23. O teu céu que está por cima da tua cabeça, será de bronze; e a terra que está debaixo de ti será de ferro.
24. Jeová dará por chuva da tua terra pó e poeira; do céu descerá sobre ti até que sejas destruído.
25. Jeová fará que sejas ferido diante dos teus inimigos; por um caminho sairás contra eles, e por sete fugirás da sua presença. Serás espetáculo horrendo a todos os reinos da terra.
26. Os teus cadáveres servirão de pasto a todas as aves do céu, e os animais da terra, e não haverá quem os enxote.
27. Jeová te ferirá da úlcera do Egito, e de bubões, e de sarna, e de prurigo, de que não te poderás curar.
28. Jeová te ferirá de loucura e de cegueira e de desnorteamento de espírito.
29. Andarás apalpando ao meio dia, como o cego apalpa nas trevas, e não prosperarás nos teus caminhos; e somente serás oprimido e roubado em todo o tempo, e não haverá quem te salve.
30. Desposar-te-ás com uma mulher, e outro homem a violentará; edificarás uma casa, e não habitarás nela; plantarás uma vinha, e não a desfrutarás.
31. O teu boi será morto diante dos teus olhos, e não comerás dele; o teu jumento será arrebatado diante de ti, e não te será restituído; as tuas ovelhas serão dadas aos teus inimigos, e não haverá quem te salve.
32. Teus filhos e tuas filhas serão entregues a outro povo, os teus olhos o verão e desfalecerão de saudades todo o dia; e não estará no poder da tua mão fazer coisa alguma.
33. O fruto da tua terra e todos os teus trabalhos, comê-los-á uma nação que não conheces. Somente serás oprimido e esmagado em todo o tempo:
34. desesperado ficarás com aquilo que vires com os teus olhos.
35. De úlceras malignas, de que não te poderás curar, Jeová te ferirá nos joelhos e nas pernas desde a planta do teu pé até o alto da cabeça.
36. Jeová te levará a ti e ao teu rei que tiveres estabelecido sobre ti a uma nação que não conheceste, nem tu, nem teus pais; e ali servirás a outros deuses, ao pau e à pedra.
37. Virás a ser pasmo, provérbio e ludíbrio entre todos os povos, a que Jeová te levar.
38. Levarás muita semente para o campo, e recolherás pouco, porque o gafanhoto a devorará.
39. Plantarás vinhas e as cultivarás; porém não lhes beberás o vinho nem colherás as uvas; porque o bicho as devorará.
40. Terás oliveiras em todos os teus termos, porém não te ungirás com azeite; porque as tuas azeitonas cairão.
41. Gerarás filhos e filhas, porém não serão para ti; porque irão em cativeiro.
42. Todas as tuas árvores e os frutos do teu solo, possuí-los-á o gafanhoto.
43. O peregrino que está no meio de ti se elevará cada vez acima de ti, e tu descerás cada vez mais.
44. Ele te emprestará a ti, mas tu não emprestarás a ele; ele será a cabeça e tu serás a cauda.
45. Todas estas maldições virão sobre ti, te perseguirão e te alcançarão, até que sejas destruído; porque não ouviste a voz de Jeová teu Deus, para guardares os seus mandamentos e os seus estatutos que te ordenou.
46. Estarão sobre ti por sinal e por prodígios, como também sobre a tua semente para sempre.
47. Porque não serviste a Jeová teu Deus com gosto, e com alegria de coração, por causa da abundância de todas as coisas;


48. assim servirás aos teus inimigos que Jeová enviará contra ti, em fome, em sede, em nudez e em falta de todas as coisas. Sobre o teu pescoço porá um jugo de ferro até que te haja destruído.
49. Jeová fará vir contra ti de longe, das extremidades da terra, uma nação à semelhança da águia que voa impetuosamente, nação cuja língua não entenderás,
50. nação de rosto feroz que não terá respeito ao velho, nem se compadecerá do moço.
51. Ela comerá o fruto do teu gado, e o fruto do teu solo, até que sejas destruído; e não te deixará pão, mosto, nem azeite, nem as crias das tuas vacas e dos teus rebanhos, até que te haja destruído.
52. Sitiar-te-á em todas as tuas cidades, até que em toda a tua terra venham cair os teus altos e fortes muros em que confiavas; e te sitiará em todas as tuas cidades em toda a tua terra, que Jeová teu Deus te há dado.
53. Comerás o fruto do teu ventre, as carnes de teus filhos e de tuas filhas que Jeová teu Deus te há dado, no sítio e no aperto com que os teus inimigos te apertarão.
54. O homem que é mimoso entre vós, e mui delicado, o seu olho será mesquinho para com seu irmão, e para com a mulher do seu regaço, e para com o restante de seus filhos que lhe ficarem;
55. de sorte que não dará a nenhum deles da carne de seus filhos que ele comer, por não lhe ficar nada, no sítio e no aperto, com que os teus inimigos te apertarão em todas as tuas cidades.
56. A mulher mimosa e delicada entre vós, que por delicadeza e mimo não tentar pôr a planta do pé sobre a terra, o seu olho será mesquinho para com o marido do seu regaço, e para com seu filho, e para com sua filha.
57. Será mesquinha para com as suas párias que saírem dentre os pés e para com seus filhos que der à luz; porque os comerá às escondidas pela falta de todas as coisas, no sítio e no aperto com que os teus inimigos te apertarão nas tuas cidades.
58. Se não cuidares de cumprir todas as palavras desta lei que estão escritas neste livro, para temeres este glorioso e temível nome JEOVÁ TEU DEUS;
59. Jeová fará espantosas as tuas pragas, e as pragas da tua semente, sim pragas grandes e perseverantes, e enfermidades malignas e rebeldes.
60. Fará tornar sobre ti todas as doenças do Egito, de que tiveste temor; e se apegarão a ti.
61. Também Jeová fará vir sobre ti toda a enfermidade, e toda a praga, que não está escrita no livro desta lei, até que sejas destruído,
62. Ficareis poucos em número, em lugar de serdes em multidão como as estrelas do céu; porque não ouviste a voz de Jeová teu Deus.
63. Assim como Jeová se deleitava em vós, para vos fazer bem, e para vos multiplicar; assim Jeová se deleitará em vós, para vos fazer perecer e para vos destruir. Sereis arrancados da terra em que entrardes para a possuirdes.
64. Jeová te espalhará por entre todos os povos, desde uma extremidade da terra à outra; e ali servirás a outros deuses, que não conheceste, nem tu nem teus pais, a saber, ao pau e a pedra.
65. Entre estas nações não terás repouso, nem haverá descanso para a planta do teu pé; mas Jeová te dará ali um coração agitado, e desfalecimento de olhos e desmaio de alma.
66. A tua vida estará como em suspenso diante de ti; temerás de dia e de noite, e não crerás na tua vida.
67. De manhã dirás: Oxalá que fosse a tarde, e à tarde dirás: Oxalá que fosse a manhã. Isto dirás pelo temor do teu coração que sentirás, e pelo que verás com os teus olhos.

68. Jeová te fará tornar ao Egito em navios, pelo caminho de que te disse: Nunca tornarás a vê-lo. Ali vos vendereis aos vossos inimigos para serdes escravos e escravas, e não haverá quem vos compre.


A Graça e Paz de Jesus!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Bem-vindo ao OS REMIDOS NO SENHOR: Um blog para quem não é manipulado!

Os artigos são livre expressão do seus autores, muitos só postamos a título de informação para conhecimento e não refletem necessariamente as posições adotadas pelo OS REMIDOS NO SENHOR. Nosso propósito, no entanto, é contribuir e incentivar a livre reflexão do nosso público alvo: pastores, líderes, e cristãos em geral que exercem seu papel no Reino de Deus.

Comente, questione, critique, aconselhe, tire dúvidas.

Esclarecemos que, como um site evangélico, não somos neutros em relação às questões aqui levantadas. Portanto, reservamo-nos o direito de bloquear ou excluir comentários segundo critérios próprios. Não sou e nem desejo ser mestre de ninguém, não procuro discípulos, nem admiradores, nem seguidores. Procuro apenas leitores sinceros e amadurecidos para questionar, de maneira sóbria e crítica, as crenças e os paradigmas hegemônicos e misteriosos das escrituras sagradas.

Comentários de "anônimos" não serão necessariamente postados. Procure sempre colocar seu nome no final de seus comentários (caso não tenha uma conta Google com o seu nome) para que seja garantido o seu direito democrático neste blog. Lembre-se: você é responsável direto pelo que escreve.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Se você não é um desses, esqueça este meu comentário porque a mensagem não é para você,



Whos

Você Pode Gostar Também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.w0HvNCS1.dpuf