terça-feira, 17 de dezembro de 2013

A Hipocrisia Templocentrista




Por Ronaldo Alves

No limiar de uma nova configuração da igreja de Cristo, onde os “Elias”, “Jeremias”, “João Batista” se levantam clamando por um evangelho puro e simples. Deparamos com a falta de transparência dos líderes religiosos ligados ao selo denominacional.

Um sistema que se mostrou falido desde sua criação no século XVI.

Esse ‘novo’ cristianismo mostrou seus engodos doutrinários no decorrer desses 5 séculos. Mas como podia dar certo, tendo em Martinho Lutero um revolucionário protestando - contra os conceitos da Igreja Católica veementemente contestando a alegação de que a liberdade da punição de Deus sobre o pecado poderia ser comprada, confrontou o vendedor de indulgências Johann Tetzel com suas 95 Teses em 1517. Wikipedia Porém Lutero era um membro rosa-cruz, assim como João Calvino um maçom. 

É o retrato do que vemos hoje nas igrejas evangélicas; cada um seguindo e desfraldando seus estandartes doutrinários, como se a são doutrina tivesse variação de interpretação.
São presunçosos em suas convicções. Acham que por fazer parte de uma agremiação evangélica, estão caminhando as veredas do eterno, quando sabemos muito bem que não é a realidade de muitos. Chamam os “desigrejados” de afastados, desviados, caídos... Claro que tem aqueles que perderam a fé por algum motivo. Mas em contrapartida, muitos estão mortos dentro de seus “celeiros” denominacionais.

O templocentrismo mostrou-se falho em seu tempo, o judaísmo. Os dois Templos construído por Salomão e Zorobabel fora profanado, sendo destruído por isso. A figura do Templo hoje é sombra das ¹coisas passadas. Era uma representação do judaísmo que foi extinto na cruz. O ápice desta apostasia foi à expulsão dos mercadores, por Jesus.

“Ora se o aperfeiçoamento fosse pelo sacerdócio levítico (pois sob este o povo recebeu a Lei), que necessidade havia ainda de que outro sacerdote se levantasse segundo a ordem de Melquisedeque, e de que não fosse contado segundo a ordem de Aarão? Pois ¹mudado que seja o sacerdócio, é necessário que se faça também mudança da Lei. Mas este, porque permanece para sempre, tem o seu sacerdócio inviolável;” Hebreus 7: 11, 12, 24

Olha o que os líderes religiosos, contemporâneo de Ezequiel, praticavam no Templo de Deus:

“Disse-me ele mais: Filho do homem, vês tu o que eles estão fazendo? vês as grandes abominações que a casa de Israel faz aqui, para que me retire longe do meu santuário? Pois ainda tornarás a ver outras grandes abominações. Estavam em pé diante deles setenta homens dos anciãos da casa de Israel, entre os quais se achava Jaazanias, filho de Safã, tendo cada um na mão o seu incensário; e subiu o odor da nuvem de incenso. Então disse-me: Filho do homem, viste o que fazem nas trevas os anciãos da casa de Israel, cada um nas suas câmaras de imagens? pois dizem: Jeová não nos vê; Jeová abandonou a terra. Levou-me à entrada da porta da casa de Jeová, que olha para o norte; eis que estavam ali sentadas as mulheres, chorando a Tamuz. Levou-me ao átrio interior da casa de Jeová e eis que se achavam à porta do templo de Jeová, entre o pórtico e o altar, uns vinte e cinco homens, que tinham as costas voltadas para o templo de Jeová, e virados os seus rostos para o oriente; e estavam adorando o sol virados para o oriente”.  Ezequiel 8: 6, 11, 12, 14, 16

O Novo Testamento não faz nenhuma alusão doutrinária para a igreja concernente ao Templo. Há várias passagens excluindo este sistema de culto, por Jesus e seus apóstolos.

“Nossos pais adoraram neste monte; e vós dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher crê-me, a hora vem em que nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai. Mas a hora vem e agora é em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. Deus é espírito; e é necessário que os que o adoram, o adorem em espírito e em verdade”. João 4: 20, 21, 23, 24

Estevão foi um dos que sentiram a fúria daqueles defensores do Templo. Foi acusado de proferir palavras contra o Templo.

Então arranjaram falsas testemunhas para afirmarem que o tinham ouvido amaldiçoar Moisés e o próprio Deus. Esta acusação provocou a fúria da multidão, dos anciãos do povo e dos professores da lei contra Estevão. Eles prenderam-no e levaram-no perante o conselho. As testemunhas falsas tornaram a afirmar que Estevão falava constantemente contra o Templo e contra as leis de Moisés. Atos 6: 11, 13

“Mas o Altíssimo não habita em casas feitas por mãos; como disse o profeta: O céu é o meu trono, E a terra o escabelo dos meus pés; Que casa me edificareis, diz o Senhor, Ou qual é o lugar do meu repouso?” Atos 7: 48, 49

Onde há alguma citação que os da ‘seita dos nazarenos’ (assim os judeus chamavam os seguidores de Cristo) deveriam adorar ao Pai no Templo em Jerusalém nesse versículo? Jesus fala à mulher que a verdadeira adoração tinha que vir do interior do homem. Adorar no Templo perdera sua importância. A partir da morte de Jesus, passamos a ser o templo de Deus.

“Acaso não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo que habita em vós, o qual vos foi dado por Deus, e que não sois de vós mesmos?” I Coríntios 6: 19

Uma congregação doméstica, como nos primeiros anos da era cristã
A igreja dos primeiros três séculos não se reunia em templos. Já que os “do Caminho”, como também eram denominados, não tinham liberdade para cultuar a Cristo publicamente. A partir da fusão da igreja de Roma (os romanos cristãos) com o paganismo imperialista, por Constantino, foram constituídos na religião cristã. Os Templos pagãos dos deuses romanos agora faziam parte do cotidiano da igreja apóstata. Dessa fusão emergiu o catolicismo como conhecemos hoje. Esse sistema religioso que tinha influencia na Coroa, perdurou por 1260 anos. Nesse tempo influenciou reinos, martirizou aqueles que consideravam opositores à fé católica. Também idealizou uma ordem cavalariça com a intenção de ter o controle da “Terra Santa”.

Esses, depois de um voto de pobreza encontraram o tesouro do rei Salomão e tronaram-se riquíssimos, suscitando a cobiça da cúria. O papa em tratado com o rei da França, exterminou os Cavaleiros Templários, sobrando uns remanescentes, jurando vingança mortal. 

Em 1517, A Maçonaria Inglesa através de Martinho Lutero, um rosa-cruz, suscita uma conspiração, que foi conhecida como: Reforma Protestante. Estava se armando um racha no catolicismo pela Maçonaria e os Cavaleiros Templários estavam finalmente se vingando de seu quase extermínio pela Coroa/Igreja.

Aqui começa o protestantismo que conhecemos hoje, os evangélicos.

Satanás precisava tirar a forma de culto da igreja pós-pentecoste. Tudo em comum, um se importava com o outro. Aquele que tinha repartia como que não tinha. As almas iam sendo salvas pelos testemunhos dos irmãos.

Esta nova “igreja” não poderia ter esses requisitos. Algo precisava ser feito para anular esse sentimento. É quando ele, satã, arregimenta seus agentes secretos, disfarçados de cristãos, para ter o controle dessa nova igreja. Com o egocentrismo desses, cada um segundo suas convicções, adulteraram o evangelho de Cristo, criando outro evangelho. O evangelho da divisão. 

Conforme os anos vão passando esse sistema denominacional vai se afastando cada vez mais da Graça Salvadora.

O assistencialismo não existe mais. As arrecadações não são para ajudar o próximo, mas para financiar suas cobiças carnais. O deus deste século tem cegado seu entendimento. Estão de olhos vazados como Sansão. Uma igreja sem afeição, que não se coloca do lado de fora do templo, ficando reclusa de seu ostracismo.

É a era de Laodiceia! Por mais que fale em línguas, profetize, pule, grite, role no chão, está morna espiritualmente. Perdeu a essência do evangelho! Laodiceia é a realidade da igreja de nossos dias. Igreja que procura bens materiais se deleita mais nos prazeres que nos mistérios de Deus.

Que idolatra e paga “astros” com dízimos dos fiéis. Que entra em êxtase pelo mortal.

Laodiceia deu carta de despejo ao Salvador colocando-o para fora. Substituindo-o pelo que nada é.

Esta é a igreja moderna, a igreja do templocentrismo pagão.

A Graça e a Paz de Jesus!

2 comentários :

  1. Que maravilha de mensagem irmão, concordo plenamente. Que bom saber que ainda existe os remanescente do Senhor Jesus para abir os olhos do povo. Infelizmente as pessoas não buscam o conhecimento e estão morrendo com a biblia na mão, estão cegas e servindo seus proprios ventres, e o pior de tudo estão acreditando mais nos falsos profetas nas mensagens falsas em suas fabulas, heresias destruidoras no que na palavra poderosa do Senhor Jesus, lamentavel! Mais é o fim dos tempos as escrituras estão se cumprindo. A paz seja convosco!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom! Um resumão da história da igreja!

    ResponderExcluir

Bem-vindo ao OS REMIDOS NO SENHOR: Um blog para quem não é manipulado!

Os artigos são livre expressão do seus autores, muitos só postamos a título de informação para conhecimento e não refletem necessariamente as posições adotadas pelo OS REMIDOS NO SENHOR. Nosso propósito, no entanto, é contribuir e incentivar a livre reflexão do nosso público alvo: pastores, líderes, e cristãos em geral que exercem seu papel no Reino de Deus.

Comente, questione, critique, aconselhe, tire dúvidas.

Esclarecemos que, como um site evangélico, não somos neutros em relação às questões aqui levantadas. Portanto, reservamo-nos o direito de bloquear ou excluir comentários segundo critérios próprios. Não sou e nem desejo ser mestre de ninguém, não procuro discípulos, nem admiradores, nem seguidores. Procuro apenas leitores sinceros e amadurecidos para questionar, de maneira sóbria e crítica, as crenças e os paradigmas hegemônicos e misteriosos das escrituras sagradas.

Comentários de "anônimos" não serão necessariamente postados. Procure sempre colocar seu nome no final de seus comentários (caso não tenha uma conta Google com o seu nome) para que seja garantido o seu direito democrático neste blog. Lembre-se: você é responsável direto pelo que escreve.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Se você não é um desses, esqueça este meu comentário porque a mensagem não é para você,



Whos

Você Pode Gostar Também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.w0HvNCS1.dpuf