sábado, 3 de agosto de 2013

"Em Nome Dele..."




"Confessam que conhecem a Deus, mas pelas suas obras o negam, sendo abomináveis desobedientes e réprobos para toda a boa obra". Tito 1: 16  

Quando somos apresentados à bíblia no início da nossa caminhada, não compreendemos a essência proferida - é bem verdade que muitos cristãos passam anos sem conhecer as profecias, bíblicas, por desinteresse. São ensinamentos que requer certo hábito, para que o Espírito Santo nos revele seu propósito.  Algo que me intrigava muito é concernente a negação do Nome de Cristo. Como um cristão poderia negar Cristo? Com toda a propagação que este Nome tem em nossos dias parece algo surreal. Diferentemente de Pedro, que nos primórdios o negara horas anteriores à sua morte.

Mas esta negação vai além do ato de andarmos negligentes ao seu evangelho.

Leia Também:

Descobri nas muitas pesquisas que fiz que desde os tempos de Cristo até os nossos dias, um seguimento fazia oposição à sua doutrina. Já em seu tempo homens malignos tramavam estratagema para tornar inválidas suas palavras. Isso vem sendo configurado no decorrer dos tempos.

Através de mistérios eles vêm lutando para "ferir a igreja de Cristo", com suas agremiações, infiltram-se em todas as instituições da sociedade, inclusive as evangélicas.

O século XVIII é quando esta "Força Misteriosa" se apresenta na escuridão como duas "forças" rivais que desde então vivem se rivalizando pelo poder político/religioso.

Essas são chamadas de: O Priorado de Sião e os Templários.

São essas duas conhecidas hoje por Maçonaria Francesa e Inglesa, sendo assim, Monarquia e República, Esquerda e Direita, Republicanos e Democratas, Ateísta e Panteísta, etc...

Isto posto, a Maçonaria Moderna foi criada por dois protestantes: Dr. James Anderson, presbiteriano que iniciou o processo de cristianização da Loja e John Theophile Desagullers, pregador do rei James II, da Inglaterra. Desaguliers também foi considerado como um ocultista e alquimista.

Ao longo do século XVIII, mais elementos pagãos foram trazidos para substituir e sepultar a fé dos modernistas, por exemplo, o gnosticismo foi considerado a Mãe da Maçonaria e por isso todas as religiões seriam unificadas no paganismo; o nome de Cristo, que terminava em cada oração gradualmente morreu; nas citações das Escrituras maçônicas (por exemplo, I Pedro 2:5, II Tessalonicenses 3:2 e 13) o nome de Cristo foi incisivamente excluído do texto, e finalmente, o misticismo oriental entrou em seus rituais.

Este "crime" perpetrado pela maçonaria sionista (Priorado de Sião) pode ter sido profetizado por Paulo.

"Eis que eu assentei em Sião uma pedra de tropeço e rocha de ofensa..." Romanos 9:33

Quando comecei a entender melhor à bíblia, com uma ótica diferente que a interpretava, pude observar que à sua profecia tinha um destinatário inicial que se perpetua aos nossos dias. Identifico suas palavras como desaprovação de um sistema maligno que desde lá controlava tudo e todos. A religião ocultista dos fariseus, saduceus, escribas, sacerdotes, reis, a Cabala, por conseguinte a "Força Misteriosa".

Lemos em Apocalipse, uma profecia referente à sinagoga de satanás; dos judeus que não eram judeus (os mesmos de hoje); do Mistério, a Grande Babilônia! A Mãe das prostituições da Terra... Minha visão era limitada com respeito a essas profecias, mas agora entendo do que falava o apóstolo João. 

"Eis que farei que alguns da sinagoga de Satanás, que dizem ser judeus, e não o são, mas mentem, eis que farei que venham prostrar-se aos teus pés e conheçam que eu te amei". Apocalipse 3: 9

"Pois certos homens se introduziram furtivamente (ímpios, cuja sentença há muito tempo está lavrada), os quais transformam a graça de nosso Deus em dissolução e negam a nosso único Mestre e Senhor Jesus Cristo". Judas 1: 4

Satanás efetuará seu intento de governo mundial, unindo os povos. Mas como fazer esta união se há variadas crenças divergentes? Como unir um mundo sob uma liderança? É aí que entra a "Força Misteriosa", o "Mistério, a Grande Babilônia". Só uma religião de mistérios que acomoda todos os crédulos sem restrição, poderá preparar o caminho da besta. Hoje à Maçonaria está infiltrada em todas as religiões do mundo, inclusive no Vaticano que um dia perseguiu e matou os templários, na Santa Inquisição. Hoje o Vaticano está sob domínio dos Illuminatis, através do papa jesuíta que está sentado no trono, "iluminados" que ultrapassam o grau 33 da Maçonaria. 

"Mistério, A Grande Babilônia, A Mãe das prostituições e das abominações da Terra". Apocalipse 17: 5 

Como relatei acima à Maçonaria Moderna 1717, foi fundada a partir do antigo funcionamento da Maçonaria que se chamava "Força Misteriosa". Anderson e Desagullers, dois protestantes a desenvolveram. Após vários conflitos de supremacia, hoje elas, que se dividiram em duas, apesar das animosidades, ambos seus membros se consideram irmãos. A universalidade delas, causou um consenso na filiação dos seus membros, sem discriminação religiosa, isto é, cada membro será iniciado conforme sua crença.

Como todo seguimento à Maçonaria está infiltrada, também na igreja evangélica. Não seria diferente! É bem verdade que a maioria desses líderes evangélicos estão na Loja Azul, que corresponde aos 3 primeiros graus do engano do novato.

O ritual da Loja Azul gira em torno da alegoria da construção do Templo de Salomão.

Foi utilizado simbolicamente no ritual de iniciação maçônico para significar a reconstrução espiritual ou restauração do alto da Torre de Babel.

O Dr. Albert Mackey, maçom grau 33, explica: se a torre de Babel representa o mundo profano da ignorância e da escuridão, e a eira de Oman, o jebuseu é o símbolo da maçonaria, porque o Templo de Salomão, do qual era o local, é o protótipo da montagem do templo espiritual que os maçons são, então podemos facilmente compreender como a Maçonaria e o uso real de língua se perde em uma e recuperada na outra, e como o progresso do candidato na sua iniciação podem ser adequadamente comparado com o progresso da verdade da confusão e ignorância dos construtores de Babel à perfeição e iluminação dos construtores dos templos, que os construtores do Templo são todos os maçons.

Os maçons traçam sua ascendência espiritual, todo o caminho de volta para Ninrode, que Gênesis identifica como o fundador do reino da Babilônia (Gn 10:10). Os maçons veem a destruição da Torre de Babel, a destruição da antiga Maçonaria. Assim também em seus escritos e rituais, eles vêem o Templo de Salomão como símbolo do seu renascimento e progresso. Da mesma forma os seus ritos e símbolos contêm muitos elementos pagãos remanescente de religiões de mistério da Babilônia.

"A Maçonaria, com a sua proclamação de três graus filantrópicos e altruístas, com nenhum segredo aparente real, declaram que os cristãos e os não políticos, seria o centro em que os homens ignorantes, recrutados e enganados, poderia agir como bonecos animados por mãos invisíveis puxando as cordas ocultas. Assim aconteceu que todos os embates ao cristianismo e aos Estados; foram elaboradas pelas sociedades secretas agindo por trás do véu da Maçonaria.”  - Retirado do livro "Scarlet and the beast"

Toda reunião da Maçonaria começa e termina com oração, só que nenhuma oração pode ser feita em nome de Jesus Cristo, e até as leituras bíblicas são feitas sem mencionar o nome de Cristo, para não melindrar membros de outras religiões não cristãs.

O nome de Cristo é tirado não só dos três primeiros degraus, como só é permitido a Cristãos se reunirem para falar de Cristo em lugar reservado, no mesmo pé de igualdade com os budistas, maometanos, espíritas, e isto após ter passado pelos 3 primeiros degraus. 

Isto vai de encontro à
 preeminência devida só a Cristo.

"Pois nele foram criadas todas as coisas nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis quer sejam tronos quer dominações quer principados quer potestades; todas as coisas têm sido criadas por ele e para ele. Ele é antes de todas as coisas e nele subsistem todas as coisas, e ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito dentre os mortos para que em todas as coisas tenha a primazia", Colossenses 1:18

Conclusão:

Um pastor, presbítero, evangelista, diácono... Membro da Maçonaria não pode de forma alguma evangelizar um "irmão" maçom, sujeito às penas pré-estabelecidas em sua iniciação.

O homem tem direito de escolher a direção que quiser para sua vida. Queira ele ser maçom está no seu direito de escolha. Deus não impõe a ninguém que o sirva, mas uma vez que professa o Nome do Senhor Jesus e se torna participante da igreja de Cristo, torna esta união oculta abominável, sendo reprovado para toda boa obra. A Esses a palavra é clara!

"Ó filho do Diabo, cheio de todo o engano e de toda a malícia, inimigo de toda a justiça, não cessarás tu de perverter os caminhos retos do Senhor"? Atos 13: 10

Tais homens são recrutados pela Maçonaria para trazer a desordem à igreja. Homens malignos ávidos por posições e vendem sua alma ao diabo em troca.

"Vós sois filhos do Diabo, e tendes vontade de cumprir os desejos de vosso pai. Ele era homicida desde o princípio e não permaneceu na verdade, porque não há nele verdade. Quando ele diz uma mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e o pai da mentira". João 8: 44

A Graça e a Paz do Nosso Salvador!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Bem-vindo ao OS REMIDOS NO SENHOR: Um blog para quem não é manipulado!

Os artigos são livre expressão do seus autores, muitos só postamos a título de informação para conhecimento e não refletem necessariamente as posições adotadas pelo OS REMIDOS NO SENHOR. Nosso propósito, no entanto, é contribuir e incentivar a livre reflexão do nosso público alvo: pastores, líderes, e cristãos em geral que exercem seu papel no Reino de Deus.

Comente, questione, critique, aconselhe, tire dúvidas.

Esclarecemos que, como um site evangélico, não somos neutros em relação às questões aqui levantadas. Portanto, reservamo-nos o direito de bloquear ou excluir comentários segundo critérios próprios. Não sou e nem desejo ser mestre de ninguém, não procuro discípulos, nem admiradores, nem seguidores. Procuro apenas leitores sinceros e amadurecidos para questionar, de maneira sóbria e crítica, as crenças e os paradigmas hegemônicos e misteriosos das escrituras sagradas.

Comentários de "anônimos" não serão necessariamente postados. Procure sempre colocar seu nome no final de seus comentários (caso não tenha uma conta Google com o seu nome) para que seja garantido o seu direito democrático neste blog. Lembre-se: você é responsável direto pelo que escreve.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Se você não é um desses, esqueça este meu comentário porque a mensagem não é para você,



Whos

Você Pode Gostar Também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.w0HvNCS1.dpuf