sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

A metamorfose de um pastor!



Por Ronaldo Alves

O pastor passa, mas a igreja continua!

Pastores como os do passado estão se tornando coisa rara em nossos dias. Vemos uma figura de pastor totalmente diferente daquele que o cargo exige.

O pastor da igreja moderna é autossuficiente, soberbo, arrogante, iracundo e constituísse dono da igreja.

Estes são os cachopos em vossos ágapes, quando banqueteiam convosco sem medo, pastores que se apascentam a si mesmos; nuvens sem água, levadas pelos ventos; árvores do outono, sem fruto, duas vezes mortas, desarraigadas; Judas 1: 12 (Tradução Brasileira de 1917)
É claro que não estamos generalizando a classe, mas o que temos visto por aí, me faz recordar minha adolescência na igreja, o que era um pastor, um moderador.

Hoje eles fazem o que querem, muitas vezes sem o conhecimento e aprovação da igreja, faz negociata política em nome da mesma, para proveito próprio.

Assim diz Jeová meu Deus: Apascenta tu as ovelhas destinadas para o matadouro, as quais matam os que as possuem, e não se têm por culpados. Os que as vendem, dizem: Bendito seja Jeová, porque eu sou rico; e os seus pastores não se compadecem delas. Zacarias 11: 4, 5 (Tradução Brasileira de 1917)

Sem compromisso com a obra, abandonam suas ovelhas sem dar o devido auxílio espiritual. Se enfadam nos seus 'afazeres', ficando sem tempo para o pastorado.

Tenho a opinião que o pastor deva viver da obra, mas aquele que se dedique integralmente ao ministério sem ganância, trabalhando neste empreendimento com amor.

Quem jamais vai à guerra à sua própria custa? Quem planta uma vinha e não come do seu fruto? Ou quem pastoreia um rebanho, e não come do leite do rebanho? I Coríntios 9: 7 (Tradução Brasileira de 1917)
Homens que se assalariam com cifras absurdas, às custas do recolhimento mensal obrigatório, que é resquício da Lei, com ameaças do devorador consumir suas finanças se assim não o fizer, enquanto ovelhas suas muitas das vezes passam por dificuldades financeiras.
Pastoreai o rebanho de Deus, que está entre vós, não por força, mas espontaneamente segundo a vontade de Deus; nem por amor de lucro vergonhoso, mas de boa vontade; I Pedro 5: 2 (Tradução Brasileira de 1917)

Há casos de pastores venderem "suas" igrejas embolsando o valor comercializado.

As ovelhas estão se perdendo, se afastando sem a preocupação de buscá-la, resgatá-la para junto do rebanho.

Pela minha vida, diz o Senhor Jeová, porquanto as minhas ovelhas foram entregues à rapina, e as minhas ovelhas serviram de pasto para todos os animais do campo, por não haver pastor, nem os meus pastores procuraram as minhas ovelhas, mas se apascentaram a si mesmos, e não apascentaram as minhas ovelhas;  Ezequiel 34: 8 (Tradução Brasileira de 1917)

Que o Senhor retire do meio da igreja tais aproveitadores da fé, que com engano tentam amordaçá-la com seus embustes.

Portanto salvarei o meu rebanho, e ele não servirá mais de presa; e julgarei entre ovelhas e ovelhas. Ezequiel 34: 22 (Tradução Brasileira de 1917)

A Graça e a paz do Senhor Jesus!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Bem-vindo ao OS REMIDOS NO SENHOR: Um blog para quem não é manipulado!

Os artigos são livre expressão do seus autores, muitos só postamos a título de informação para conhecimento e não refletem necessariamente as posições adotadas pelo OS REMIDOS NO SENHOR. Nosso propósito, no entanto, é contribuir e incentivar a livre reflexão do nosso público alvo: pastores, líderes, e cristãos em geral que exercem seu papel no Reino de Deus.

Comente, questione, critique, aconselhe, tire dúvidas.

Esclarecemos que, como um site evangélico, não somos neutros em relação às questões aqui levantadas. Portanto, reservamo-nos o direito de bloquear ou excluir comentários segundo critérios próprios. Não sou e nem desejo ser mestre de ninguém, não procuro discípulos, nem admiradores, nem seguidores. Procuro apenas leitores sinceros e amadurecidos para questionar, de maneira sóbria e crítica, as crenças e os paradigmas hegemônicos e misteriosos das escrituras sagradas.

Comentários de "anônimos" não serão necessariamente postados. Procure sempre colocar seu nome no final de seus comentários (caso não tenha uma conta Google com o seu nome) para que seja garantido o seu direito democrático neste blog. Lembre-se: você é responsável direto pelo que escreve.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Se você não é um desses, esqueça este meu comentário porque a mensagem não é para você,



Whos

Você Pode Gostar Também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.w0HvNCS1.dpuf