domingo, 3 de junho de 2012

Quando a Pornografia Afeta o Cristão



O que fazer para se libertar do vício?


O Fenômeno do vício em pornografia entre os cristãos é cada vez mais comum. Uma recente pesquisa realizada pelo instituto Promise Keepers nos EUA, revela que 75% dos homens cristãos entrevistados têm lutado com esta questão, o número é relativamente alto. No Brasil não se tem notícia  de pesquisa semelhante. Mas, se você sofre com isso, saiba: Certamente  não está sozinho.

"Pornografia é uma forma ilegítima de prover um desejo legitimo" John Piper.

Quando se trata das origens e sintomas desse problema, o vício da pornografia, revela significado espiritual, físico e emocional.
Muitos dos entrevistados relataram que  sentem  distanciamento de Deus,  aprisionados, sem forças ou potencial para libertar-se. Fisicamente sentem: diminuição de energia, motivação e  de senso comum de direção. Além disso, raiva, vergonha, culpa também são características de quem está envolto ao vicío da pornografia, sendo um cristão.

Milhares de lares em nosso planeta estão sendo invadidos pelo mal da pornografia sem que pais, mães e esposas saibam. Nestes, infelizmente os cristãos estão sendo contados. O homem, quando se trata de sua sexualidade é atraído pelo que vê, desta forma, mesmo sendo cristão, se não se manter em estado de constante vigilância, dificilmente consegue fugir de imagens que expõem formas femininas ou situações que sugerem idéia de sexo. Em contato com qualquer imagem, seus instintos sexuais logo vêm à tona de forma violenta, o levando à masturbação e a criar fantasias e até taras doentias.

A igreja tem que estar em constante oração e desenvolver estratégias para combater este terrível  mal. A Internet tornou-se uma porta escancarada para que a pornografia, silenciosamente tome o lugar da Bíblia nos lares cristãos, promovendo uma destruição em massa que atinge jovens, líderes e maridos cristãos.

A exposição à pornografia tem efeitos rápidos para destruir a vida cristã. Nos primeiros contatos com ela o indivíduo já começa perder a motivação cristã movido pela culpa. Se não há uma confissão a pornografia logo se torna um vício que o leva a adormecer os sentidos espirituais. Seus desejos se tornam totalmente dominados pelo pecado e o desinteresse pelas coisas de Deus se torna iminente. Outro sintoma que afeta as relações com a igreja é o tempo gasto em busca de novos materiais de pornografia que faz com que a pessoa gaste o tempo que seria para Deus em frente ao computador ou outro recurso visual

Casos reais descritos pelo Pr. Adeneir

Em um dos casos que tratamos, um obreiro com seis anos de casado se dizia totalmente ligado à pornografia.  Seu afastamento da igreja foi quase imediato, porque segundo ele, no início de seu vício a melhor forma que encontrava para ter acesso a este material era enviando a esposa e a filha para igreja, assim ele poderia ficar sozinho em casa e alimentar seu vício. Hoje ele buscou ajuda espiritual e está recuperado, mas a única forma eficaz de tratamento que encontrou além da sinceridade com a igreja e com a esposa foi se livrar de computador, celular e DVD Player.

Em outro depoimento feito por um jovem que aconselhei, ele disse se sentir totalmente dominado por forças demoníacas todas as vezes que acessava conteúdo pornográfico. Afirmou ele que toda vez que ia orar para pedir libertação do vício, às imagens que acessava na internet iam passando de forma perturbadora em sua mente. Acrescentou também o jovem que era impossível fugir de situações em que surgia em sua frente imagens de sexo extremo, sadomasoquismo, grupal e sexo com animais e que poderia facilmente visualizar o demônio nas cenas que via e foi isto que o estimulou a buscar ajuda.

Em diálogo com vários homens da igreja, descobri que uma grande maioria deles sequer tem noção do real perigo e acha normal, ver algum tipo de filme pornô  ao lado da esposa para estimular o apetite sexual, o que nos leva a pensar que isto acontece em muitas igrejas.

Livro mostra que lideres também são afetados

O livro: “Conflitos secretos dos homens” de “Patrick Means” publicou uma estatística estarrecedora pelos números apresentados. A pesquisa foi feita de forma confidencial entre pastores evangélicos e lideres de várias igrejas. Dos que foram ouvidos 64% declararam que tem algum problema relacionado a algum vício sexual, incluindo pornografia pesada que geralmente conduz a outros tipos de atividades sexuais secretas. 25% disseram que cometeram adultério mesmo depois de casados e de ter se tornado cristão.

Pornografia: Assunto proibido na Igreja

A pornografia é aquele assunto que muitos líderes evitam por pelo menos 2 motivos:

Primeiro, porque muitos desconhecem a gravidade de sua proliferação no meio da igreja, uma vez que quem a pratica dificilmente confessa o erro, por vergonha, ou por medo que sua fraqueza se torne algo  público e vire tema de fofocas.

Segundo, muitos pastores se sentem desconfortáveis em ensinar sobre o tema com receio de transmitir a ideia de que eles próprios praticam, desta forma, muitos preferem não discorrer sobre ela em seus ensinamentos.

O certo é que a pornografia hoje é uma pauta que tem que fazer parte de nossas reuniões e principalmente de nossos cultos de ensino, por causa da rapidez com que se alastra e também pelo estrago que faz.

Com o surgimento da Internet e das redes sociais ela tem se espalhado rapidamente atingindo milhares de pessoas que logo se tornam viciadas. Geralmente os primeiros contatos acontecem por pura curiosidade e acabam gerando uma necessidade incontrolável de repetição e também de variação porque a pessoa que se torna escrava de pornografia necessita de formas cada vez mais diferenciadas e mais fortes para despertar os seus desejos que vão se tornando cada dia mais exigentes. Há relatos de pais que se tornaram usuários de pornografia simplesmente pela mera tentativa de fiscalizar o que seus filhos estavam acessando na internet.

A pornografia transmite uma ideia de sexo fácil, sem limites e sem necessidade de compromisso, isso pode influenciar as pessoas a se liberarem para o envolvimento com outras pessoas, mesmo dentro da igreja, onde o número de adultérios é crescente. Em um estudo levantado de forma formal em um ministério que contém mais de duzentas congregações com média de 100 membros, descobrimos que o número de adultérios em cada uma delas chegou a 5%.

Existem três componentes essenciais para a recuperação do vício da pornografia cristã:

A oração é de vital importância no tratamento, mas não é a única coisa que se precisa fazer para alcançar libertação. De acordo com especialistas em vício de pornografia, muitos viciados se sentem deprimidos porque Deus não tem "pressionado o botão mágico", que iria curá-los imediatamente. A verdade, é que Deus quer fazer parceria com você para que a libertação ocorra. Ele quer arrancar o problema pela raiz. Uma raiz que nem sempre teve origem no aspecto emocional, mas pode ser oriunda de abuso sexual .

Aconselhamento: Com profissional habilitado

Através da Literatura: Para ajudar a "treinar" o cerébro e
Apoio de outros que estão lutando com o mesmo problema.
Ao procurar um profissional habilitado na área é importante investigar:

Que modelo de tratamento está usando?
É apoiado pela investigação e/ou publicação cientifica?
Tem experiência na recuperação do vicío sexual entre os cristãos.
Aconselhamento, reuniões com grupos, etc.

Testemunho de Joe, um jovem de 28 anos.

"Cresci em um lar cristão e aos cinco anos aceitei Jesus como Salvador, em 1997, em uma viagem para Israel, me batizei no rio Jordão com base na presença e convicção de que o Espírito Santo habitava em mim (Ef: 2:8-) .Apesar disso, eu lutava habitualmente e por muitos anos, contra o vicio da pornografia e outras formas de impureza sexual. Em 2 de Agosto de 2000, depois de clamar a Deus de joelhos por libertação, confessando que eu não poderia fazer isso sozinho, minha vida começou a mudar.

As lutas demoraram, foram muitas e intensas batalhas, hoje finalmente posso confessar: Estou liberto pelo precioso sangue de Cristo. Medidas como: Parar de acessar sites de pornografia, ouvir músicas com apelo sexual foram eliminados radicalmente. Me sinto livre e abençoado. Não preciso dessas coisas em minha vida. Tudo que preciso é do Senhor."


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Bem-vindo ao OS REMIDOS NO SENHOR: Um blog para quem não é manipulado!

Os artigos são livre expressão do seus autores, muitos só postamos a título de informação para conhecimento e não refletem necessariamente as posições adotadas pelo OS REMIDOS NO SENHOR. Nosso propósito, no entanto, é contribuir e incentivar a livre reflexão do nosso público alvo: pastores, líderes, e cristãos em geral que exercem seu papel no Reino de Deus.

Comente, questione, critique, aconselhe, tire dúvidas.

Esclarecemos que, como um site evangélico, não somos neutros em relação às questões aqui levantadas. Portanto, reservamo-nos o direito de bloquear ou excluir comentários segundo critérios próprios. Não sou e nem desejo ser mestre de ninguém, não procuro discípulos, nem admiradores, nem seguidores. Procuro apenas leitores sinceros e amadurecidos para questionar, de maneira sóbria e crítica, as crenças e os paradigmas hegemônicos e misteriosos das escrituras sagradas.

Comentários de "anônimos" não serão necessariamente postados. Procure sempre colocar seu nome no final de seus comentários (caso não tenha uma conta Google com o seu nome) para que seja garantido o seu direito democrático neste blog. Lembre-se: você é responsável direto pelo que escreve.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Se você não é um desses, esqueça este meu comentário porque a mensagem não é para você,



Whos

Você Pode Gostar Também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.w0HvNCS1.dpuf