segunda-feira, 25 de junho de 2012

Quando a igreja não valoriza missões



Por incrível que pareça existem igrejas que não valorizam missões ou o trabalho missionário. Há pouco soube de um caso de um amigo que ouviu de um membro de sua igreja a seguinte gracinha: "Até quando o pastor continuará fazendo farra com o dinheiro do povo de Deus investindo em missões?" Um líder de uma outra comunidade cristã disse numa reunião de liderança:  "Nós não podemos investir em missões, temos muita coisa pra fazer em nosso templo. Missões não deve fazer parte da prioridade da igreja. Temos que reformar os banheiros, fazer uma área de conexão bonita e aprazível e outras coisas mais."

Caro leitor, vamos combinar uma coisa? Os valores da Igreja de Cristo estão absolutamente equivocados. Lamentavelmente não são poucos aqueles que preferem investir em templos e construções nababescas à missões. Ora, eu não estou afirmando que a igreja não deva construir ou reformar seus templos, sei que isso é importante, entretanto, acredito, que aqueles que prioritariamente focam nessa perspectiva esquecendo da missão da Igreja de anunciar Cristo, peca contra o Eterno.

Infelizmente existem inúmeras pessoas muito mais preocupadas com "coisas"do que com gente. Na verdade, não são poucos aqueles que ao ouvirem sobre desafios missionários, fazem ouvidos de mercador. Se o pastor os desafia a doar recursos financeiros para a obra missionária fingem que não estão entendendo. Se recebem um convite para contribuirem com a expansão do Reino, oferecem desculpas descabidas e sem sentido.

E quanto a você? De que maneira você tem encarado o trabalho  missionário? Qual foi a última vez (isto é, se você um dia o fez) dedicou suas orações intercedendo por missões? E o seu envolvimento financeiro com esta sublime causa?  Quando foi a última vez que você enviou uma oferta para uma família de missionários que por amor a Cristo abandonou o conforto, a segurança e a liberdade do Brasil? Diante do desafio missionário o que você tem feito?  Será que tem fugido ou simplesmente dependurou-se na janela da vida olhando a banda passar?

Prezado amigo, lamentavelmente o descaso da igreja brasileira pelo trabalho missonário me dá a impressão de que alguns dos nossos irmãos em Cristo não se preocupam mais com missões.

Naquele que se fez gente tornando-se um de nós,

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Bem-vindo ao OS REMIDOS NO SENHOR: Um blog para quem não é manipulado!

Os artigos são livre expressão do seus autores, muitos só postamos a título de informação para conhecimento e não refletem necessariamente as posições adotadas pelo OS REMIDOS NO SENHOR. Nosso propósito, no entanto, é contribuir e incentivar a livre reflexão do nosso público alvo: pastores, líderes, e cristãos em geral que exercem seu papel no Reino de Deus.

Comente, questione, critique, aconselhe, tire dúvidas.

Esclarecemos que, como um site evangélico, não somos neutros em relação às questões aqui levantadas. Portanto, reservamo-nos o direito de bloquear ou excluir comentários segundo critérios próprios. Não sou e nem desejo ser mestre de ninguém, não procuro discípulos, nem admiradores, nem seguidores. Procuro apenas leitores sinceros e amadurecidos para questionar, de maneira sóbria e crítica, as crenças e os paradigmas hegemônicos e misteriosos das escrituras sagradas.

Comentários de "anônimos" não serão necessariamente postados. Procure sempre colocar seu nome no final de seus comentários (caso não tenha uma conta Google com o seu nome) para que seja garantido o seu direito democrático neste blog. Lembre-se: você é responsável direto pelo que escreve.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Se você não é um desses, esqueça este meu comentário porque a mensagem não é para você,



Whos

Você Pode Gostar Também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.w0HvNCS1.dpuf