quinta-feira, 28 de junho de 2012

Chiapas: católicos expulsam indígenas evangélicos depois de destruir suas casas


Chiapas: católicos expulsam indígenas evangélicos depois de destruir suas casasUma turfa de católicos tradicionalistas destruiu 19 casas de indígenas evangélicos aos que expulsaram da comunidade Yashtinin, em Chiapas

Um grupo de católicos tradicionalistas inflamado destruiu na quinta-feira passada, 14 de junho ao menos 19 casas de famílias indígenas de evangélicos, colocando fogo a uma delas. Depois lhes obrigou a sair da comunidade Yashtinin, no município de San Cristóbal de Las Casas, em Chiapas. 
O único motivo deste ataque dos católicos tradicionalistas é o fato de que estes indígenas são de outra confissão religiosa diferente à católica.

O porta-voz e pastor dos expulsos, Jesús Felipe Hernández, disse na sexta-feira passada, 15 de junho, enquanto abandonavam o povo, que dezenas de pessoas com machados, eixos haviam destruído suas casas e queimaram uma delas . "Tivemos que sair de noite porque tivemos medo de ficar na cidade", disse Hernández. Que acrescenta que seu único delito é “buscar a Jesus e anunciar a nossos irmãos”.

FORÇADOS A NEGAR SUA FÉ 

As diferenças religiosas têm estado presentes por anos na etnia tzotzil, mas cresceram há alguns dias quando um grupo de católicos ameaçou com expulsar do povo aos evangélicos se não rejeitassem sua fé protestante e se juntassem publicamente ao catolicismo e seus costumes. 

O provocante foi um culto celebrado no domingo passado, 10 de junho na igreja local Maranatha, quando os "católicos tradicionalistas” os fecharam em uma prisão rural pelo simples fato de celebrar o ato religioso, “uma celebração que está permitida nas leis mexicanas, e na Bíblia”, recorda Hernández. Depois de serem libertos na segunda-feira, 11 disseram às famílias que não tinham mais direito a permanecer na comunidade.

Uns 40 indígenas de seis diferentes famílias integrantes da igreja Maranatha se negaram a obedecer esta exigência, diante disto (assegura Hernández) seus oponentes católicos lhes deram um ultimato para abandonar Yashtinin em três dias, algo ao que finalmente tiveram que submeter-se na sexta-feira passada, 15 de junho.

Disseram que se não se fossemos por própria vontade "iríamos ser amarrados, queimados vivos e as mulheres e meninas iriam a ser violadas", explica Hernández. 

SEM JUSTIÇA, MAS COM AJUDA HUMANITÁRIA. 

As famílias evangélicas se foram refugiar no Centro Comunitário La Albarrada na cabeceira municipal de San Cristóbal das Casas desde onde demandam aos governos federal e estatal justiça. 

A Secretaria de Povos e Cultura Indígenas do Estado levaram alimentos, medicinas e roupas ao refúgio onde se encontram os evangélicos mas nenhum funcionário se aproximou a Yashtinin porque consideram que não tem condições de segurança.

SOS DE ENTIDADES EVANGÉLICAS 

O pastor Esdras Alonso González, representante evangélico, afirmou que a recente agressão de católicos tradicionalistas a companheiros evangélicos agrava o conflito de intolerância religiosa. O representante dos povos evangélicos em Los Altos de Chiapas, Edras Alonso, fez um chamado urgente às autoridades estatais a atender essa e outras comunidades indígenas onde os conflitos religiosos estão ainda mais difíceis.

"Não é a primeira vez que está sucedendo, existem agressões, ameaças contra homens e mulheres de matar, e de violar. Se assinaram acordos com os católicos para respeitar as crenças religiosas, mas nas comunidades não se respeitam", disse Alonso.

Também declarou que  os "caciques" sempre estiveram contra os evangélicos somente por professar uma fé diferente à tradicionalista católica, pelo que tem diversas comunidades do município de San Cristóbal de las Casas e outros da região onde se suspenderam os serviços de água e luz a famílias não católicas, o qual, é uma reclamação que "deveria castigar-se segundo nossas leis". 

Fez também saber que em Los Llanos, município de San Cristóbal, e em Chilil município de Huixtán também tem atropelos contra evangélicos, que se soma a de Yashtinín. Afirma que se trata de uma perseguição atroz, que já não deve prevalecer em Chiapas nem em nenhuma parte do país e que a proíbe a Constituição Política dos Estados Unidos Mexicanos.

Fonte: http://www.protestantedigital.com/PT/Internacional/articulo/14664/Chiapas-catolicos-expulsam-indigenas-evangelicos

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Bem-vindo ao OS REMIDOS NO SENHOR: Um blog para quem não é manipulado!

Os artigos são livre expressão do seus autores, muitos só postamos a título de informação para conhecimento e não refletem necessariamente as posições adotadas pelo OS REMIDOS NO SENHOR. Nosso propósito, no entanto, é contribuir e incentivar a livre reflexão do nosso público alvo: pastores, líderes, e cristãos em geral que exercem seu papel no Reino de Deus.

Comente, questione, critique, aconselhe, tire dúvidas.

Esclarecemos que, como um site evangélico, não somos neutros em relação às questões aqui levantadas. Portanto, reservamo-nos o direito de bloquear ou excluir comentários segundo critérios próprios. Não sou e nem desejo ser mestre de ninguém, não procuro discípulos, nem admiradores, nem seguidores. Procuro apenas leitores sinceros e amadurecidos para questionar, de maneira sóbria e crítica, as crenças e os paradigmas hegemônicos e misteriosos das escrituras sagradas.

Comentários de "anônimos" não serão necessariamente postados. Procure sempre colocar seu nome no final de seus comentários (caso não tenha uma conta Google com o seu nome) para que seja garantido o seu direito democrático neste blog. Lembre-se: você é responsável direto pelo que escreve.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Se você não é um desses, esqueça este meu comentário porque a mensagem não é para você,



Whos

Você Pode Gostar Também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.w0HvNCS1.dpuf